Back to top

RF Capacitiva

O líquido atua como um isolador entre dois condutores (sonda e parede do tanque). Quando o nível aumenta, há mais ganho de capacidade em um sinal analógico ou digital.

A medição de nível eletrônico de capacitância RF Kotron® utiliza os mesmos fundamentos de qualquer capacitor eletrônico. Um capacitor é formado quando um sinal AC é aplicado através de duas placas condutoras separadas por um meio isolante, ou dielétrico. O valor de um capacitor é determinado pelo:

  1. área das placas condutoras(A)
  2. distância entre as placas (D)
  3. dielétrico do meio isolante entre as placas (E)

Capacitância = E*A/D (A frequência de CA é fixada como parte do desenho.)

A capacitância é medida em Farads e o valor que utilizamos na medição industrial é uma unidade extremamente pequena chamada pico Farad (pF). Um pico Farad é um trilionésimo de um Farad.

O valor de capacitância aumenta à medida que o dielétrico aumenta, o tamanho da placa aumenta ou a distância entre as placas diminui.

Em aplicações industriais, a sonda é uma placa do capacitor, a parede do tanque é a outra placa (referência do solo). O material isolante que os separa é o dielétrico. Um tanque vazio está cheio de ar que tem um dielétrico de 1, a linha de base da escala dielétrica. Todos os materiais têm um dieléctrico superior ao ar, e. �eo = 2,5, �cool = 18, �ua da torneira = 80, etc. Quando um tanque �cheia com meio, o ar (diel�trico 1) est� sendo deslocado pelos meios tendo um diel�trico superior; consequentemente, a quantidade de capacitância que está sendo gerada entre a sonda e a parede do tanque aumenta. Essa mudança de capacitância, correspondente ao aumento ou queda da mídia em um tanque, pode ser detectada por um dispositivo de nível de ponto que produz um fechamento de contato; ou, um transmissor produzindo uma saída contínua.