Back to top

Novo Adaptador Eclipse® Modelo 706 GWR na Solução de Problemas

Dois Radares de Ondas Guiadas Magnetrol Eclipse (GWR) Modelo 705s estavam medindo a interface em um dessalinizador em uma refinaria. A operação do nível da interface no dessalinizador é crítica em qualquer refinaria. Os cloretos inorgânicos, os sólidos em suspensão e os vestígios de metais encontrados no petróleo bruto não tratado devem ser removidos por dessalinização química ou eletrostática. Isso reduz o risco de corrosão ácida, entupimento, incrustação e envenenamento por catalisador em unidades a jusante. A medição da interface óleo-água no dessalinizador é crucial para separar o petróleo bruto limpo dos contaminantes.

O cliente tinha dúvidas se a medição da interface estava correta, uma vez que os dispositivos foram instalados há uma década durante uma gestão diferente. Um dos GWRs foi instalado em um vaso comunicante, enquanto o outro foi inserido diretamente no tanque. Os componentes eletrônicos integrais e o  pesado DTM dificultaram a solução de problemas dos 705 originais, o que abriu a oportunidade de utilizar o novo adaptador Modelo 706. Este novo adaptador permite que as sondas existentes do modelo 705 sejam adequadas com o transmissor modelo 706 sem quebrar o selo do processo, obtendo o melhor desempenho GWR da categoria que acompanha o modelo 706, incluindo a mais alta taxa de sinal por ruído (SNR)  no mercado – um preciso SNR é particularmente útil em líquidos com dielétricos baixos, freqüentemente encontrados em refinarias.

Além da melhoria no desempenho, o técnico pôde utilizar o mais recente modelo de DTM no 706 para solução de problemas. Os principais recursos do DTM enfatizados pelo técnico no local foram:

  1. A capacidade, em uma tela, de visualizar não apenas a própria curva de eco, mas também as condições operacionais do transmissor, juntamente com os parâmetros configuráveis. Agora, é possível alterar os parâmetros e atualizar a curva para ver resultados imediatos sem entrar em várias telas.
  2. Recursos de registro de dados onde é possível capturar todos os dados associados aos últimos nove eventos, incluindo parâmetros de configuração, curva de eco, histórico de curvas de eco e histórico de eventos.

Devido à dedicação do técnico e ao novo adaptador modelo 706, agora a refinaria agora consegue medir efetivamente o nível da interface e rastrear uma área potencial de agregamento na sonda. O revestimento e o agregamento nas sondas podem criar erros de medição da interface.

O Modelo 706 tem a capacidade de monitorar o agregamento como uma porcentagem do limite de nível ou como uma taxa. Significando que o usuário pode rastrear a porcentagem ou taxa de acumulação através de uma variável HART para acionar um processo de lavagem ou para intervalos de manutenção / limpeza oportunos. Isso evita a operação inadequada do dessalinizador e o tempo de inatividade potencial não planejado.

Para obter mais informações sobre as aplicações de medição de interface, entre em contato diretamente ou visite o nosso site.